English EN Italian IT Portuguese PT
English EN Italian IT Portuguese PT
Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Como Agir em uma Emergência?

Como agir em uma Emergência?

Quedas, brigas ou atropelamentos:
Caso seu animal tenha sofrido uma queda, briga ou atropelamento, é possível que ele esteja politraumatizado, com hemorragias internas e/ou dificuldade respiratória. Nestes casos, o transporte ideal até o centro veterinário pode ser com uso de uma manta/toalha, deitando-o de lado sobre ela com o propósito de levantar as quatro pontas do tecido, evitando, assim, perigosas reações e trações nos membros. É importante lembrar que nesses casos o animal pode se tornar agressivo devido à dor do trauma, sendo importante manipulá-lo com cuidado. Caso tenha alguma hemorragia visível, use bandagens compressivas no local. No caso de convulsões, proceda com o transporte da mesma forma.

As hipertermias
As hipertermias, ou seja, aumento da temperatura corpórea do animal ocorrem, com grande frequência, devido à exposição ao calor excessivo, como insolações, ambientes quentes e fechados, transportes e principalmente em raças braquicefálicas – as de focinho achatado – que anatomicamente já apresentam dificuldade respiratória. Nesses casos, o animal torna-se muito ofegante, agoniado, em posição com o pescoço esticado para conseguir ventilar melhor. É importante tentar resfriá-lo.
Para isso, podem-se colocar compressas frias sobre o corpo ou banhar o paciente em água fria e encaminhá-lo diretamente ao atendimento.

Intoxicações
As intoxicações podem ser acidentais ou intencionais. Venenos utilizados para matar ratos, baratas ou formigas causam de leves até severas intoxicações quando em contato com a pele ou ingeridos. Geralmente os animais apresentam salivação, mal-estar, vômitos e/ou diarreias, tremores e até convulsões. Evite dar leite para o animal ingerir, ele não irá evitar a absorção do veneno e pode provocar vômitos forçados.

Busque levar o paciente imediatamente ao Médico Veterinário, tentando sempre identificar a origem da intoxicação. Se possível, leve amostras, como embalagens do veneno utilizado. É muito importante a identificação do agente para um tratamento mais específico.

Fonte: http://www.veterinariafontana.vet.br/dicas.html

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A melhor Assistência Veterinária do Brasil!

Maior e mais completo Plano de Saúde!



Para mais informações sobre as Rações Super Premium Dottor Dog®, preencha o formulário abaixo. Logo entraremos em contato, com mais informações!

    close-link