10 Alimentos que podem MATAR seu CACHORRO
09/08/2016
Rio de Janeiro aprova lei que permite Enterro de Animais em Cemitérios Públicos
10/08/2016

Orientação para Filhotes de Cães e Gatos

Orientação para filhotes de cão e gatos.

7 de julho de 2016consultoriovetpiva

1

Sempre que pegamos um filhote, temos algumas dúvidas sobre como cuidar dele adequadamente, por isso seguem algumas orientações sobre a vacinação e alguns cuidados durante esse período:

  • À partir de quantos dias pode dar a primeira vacina para o filhote?

Os cachorros filhotes que nunca foram vacinados, precisam receber três doses de vacina múltipla (com intervalo de 21 dias entre elas) e uma dose de vacina antirrábica, as vacinas V8 ou V10 devem ser dadas quando o cão tiver, respectivamente, 45, 66 e 87 dias de vida; os gatos devem receber 02 doses da vacina polivalente felina (Tríplice ou Quádrupla) aos 45 e 66 dias de vida. Ao completar 129 dias de vida, os filhotes devem tomar a vacina contra a raiva, garantindo a imunidade contra mais uma doença. Ambas as vacinas (polivalente + raiva) devem ser refeitas todo ano.

34

Não se deve vacinar filhotes com menos de 45 dias de idade, a menos que a cadela que deu à luz aos filhotes nunca tenha sido vacinada, pois as vacinas podem ser inativadas pelos anticorpos passados da mãe para os filhotes. Esse é um dos motivos pelos quais você só deve pegar um filhotinho com 2 a 3 meses de vida, de preferência com no mínimo 2 doses da vacina v8 ou v10 (ou seja, o filhote deve ter 66 dias de vida no mínimo). O intervalo para cada vacina é de 21 há no máximo 30 dias.

2

  • Hábitos permitidos antes e durante a fase de imunização:

Os filhotes de cães e gatos podem tomar banho, mas a água deve estar morna, o ambiente quente e o banho deve ser rápido. Seque-o bem com toalhas e se precisar, use o secador de cabelo. Cuidado para não queimá-lo! Coloque sempre sua mão embaixo do secador para sentir a temperatura. Se estiver te incomodando, afaste ou diminua a temperatura.

5

Prefira sempre xampus e sabonetes específicos para animais e evite os inseticidas. Existem várias opções seguras de produtos contra parasitos (pulgas e carrapatos), não precisamos correr o risco de intoxicá-los com talcos, xampus e loções.

  • Hábitos não permitidos antes e durante a fase de imunização:

Os filhotes só devem entrar em contato com animais desconhecidos ( não sabemos se foram vacinados ou não, se estão saudáveis ou não) e com um ambiente possivelmente contaminado (chão com fezes,urina e secreções de animais doentes – rua) após tomarem a última dose da vacina específica para cada espécie.

Escrito por: Roberta Machado – Estagiária Auxiliar Técnica Veterinária

https://consultoriovetpiva.wordpress.com/2016/07/07/orientacao-para-filhotes-de-cao-e-gatos/

https://www.facebook.com/consultoriovetpiva/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *