Como Escolher o Alimento do seu Cão?
05/07/2016
Inseminação Artificial Canina
06/07/2016

Por que os Cães Vivem Menos do que as Pessoas?

Esta é a história de um veterinário nos Estados Unidos.

Não vai contar o porquê dos animais, como os cães, viverem menos do que a gente. O envelhecimento está ligado à fatores genéticos, mais especificamente à diminuição dos telômeros (uma região do DNA), que é inevitável, porém acontece em diferentes graus entre as espécies.

A história abaixo é mais uma lição de vida e uma forma de começar a semana e o ano com toda a motivação para detonar!

Aqui está a resposta (por uma criança de 6 anos):

Sendo um veterinário, fui chamado para examinar um cão irlandês de 13 anos de idade chamado Belker. A família do cão era muito ligado com o animal e esperava um milagre.

Examinei Belker e descobri que ele estava morrendo de câncer. Eu disse à família que não poderia fazer nada por Belker, e me ofereci para realizar o procedimento de eutanásia em sua casa.

No dia seguinte, eu senti a sensação familiar na minha garganta quando Belker foi cercado pela família. Shane, o filho da família, parecia tão calmo, acariciando o cão pela última vez, e eu me perguntava se ele entendia o que estava acontecendo.

Em poucos minutos, Belker caiu pacificamente dormindo para nunca mais acordar. O garotinho parecia aceitar a transição de Belker sem dificuldade. Sentamo-nos por um momento nos perguntando por que do infeliz fato de que a vida dos cães é mais curta do que a dos seres humanos.Shane, que tinha estado escutando atentamente, disse:” Eu sei por quê.”

O que ele disse depois me espantou:

Eu nunca tinha escutado uma explicação mais reconfortante que esta. Este momento mudou minha maneira de ver a vida.Ele disse:” a gente vêm ao mundo para aprender a viver uma boa vida, como amar aos outros o tempo todo e ser boa pessoa, né?”

Bem, como os cães já nascem sabendo como fazer tudo isso, eles não tem que ficar por tanto tempo como nós.”O moral da história é: Se um cão fosse seu professor, você aprenderia coisas como:

* Quando pessoas queridas chegarem em casa, sempre corra para cumprimentá-los.
* Nunca deixe passar uma oportunidade de ir passear.
* Permita que a experiência do ar fresco e do vento, na sua cara, seja de puro êxtase.
* Tire cochilos.
* Alongue-se antes de se levantar.
* Corra, salte e brinque diariamente.
* Melhore a sua atenção e deixe as pessoas te tocarem.
* Evite “morder” quando apenas um “rosnado” seria suficiente.
* Em dias quentes, deite-se de costas sobre a grama.
* Em um clima muito quente, beba muita água e deite-se na sombra de uma árvore frondosa.
* Quando você estiver feliz, dance movendo todo o seu corpo.
* Delicie-se com a simples alegria de uma longa caminhada.
* Seja fiel.
* Nunca pretenda ser algo que não é.

E nunca se esqueça: ” Quando alguém tiver um mal dia, fique em silêncio, sente-se próximo e suavemente faça-o sentir que está aí…”

Fonte:      https://www.facebook.com/Clinica-Veterin%C3%A1ria-Pegadas-272874889509374/

 

2 Comentários

  1. Sandra Paz disse:

    “Delicie-se com a simples alegria de uma longa caminhada”… isto a gente pode fazer em companhia de um cão, amigo, companheiro, irmão, defensor!!! Se pudéssemos aprender a viver a qualidade de vida interior que eles possuem, com certeza viveríamos muito mais. Adoro os animais e agradeço a eles, sempre, pelo amor que nos dedicam.

  2. Sergio Lima disse:

    Em pouco tempo de vida, eles vivem assim tão intensamente, que necessitam de poucos anos para atingirem o objetivo de estar aqui nesta terra. Lindos, amantes fiéis. Obrigado por existirem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *