Lambida de cachorro deixa idosa com “Infecção Grave” no Reino Unido
15/07/2016
Avanços na Oftalmologia Veterinária
20/07/2016

Avanços na Ortopedia Veterinária

 

            Os cuidados com nossos pets têm tomado grande importância na nossa sociedade. Fato é, que a preocupação com a saúde e o bem estar dos cães e gatos alavancou avanços em pesquisas sobre técnicas e tratamentos mais modernos e eficientes, suprindo as necessidades dos nossos pacientes.

            A Ortopedia Veterinária é uma das áreas com maior avanço no cenário veterinário nacional e internacional. Enfermidades que geravam dor e sofrimento dos nossos pets hoje são resolvidas graças a descoberta e evolução de uma ampla variedade de técnicas e implantes que promovem segurança aos pacientes e ao Ortopedista Veterinário.

            A Displasia do Quadril ou Displasia coxofemoral é uma dessas doenças, ela pode acometer animais de todas as raças, porém é mais comum em animais de raças grandes como o Pastor Alemão, está doença gera dor e dificuldade de locomoção dos membros posteriores, sendo causada por uma alteração congênita no crescimento da articulação. Hoje, o tratamento para esta patologia passou por uma grande evolução, de forma que medicamentos e a medicina complementar (acupuntura, fisioterapia e etc.) melhoram a qualidade de vida de muitos pacientes com a fase inicial da doença, porém, para pacientes avançados à cirurgias para retirada da dor ou a prótese de quadril tem excelentes resultados, devendo a indicação do tratamento ser realizada por um ortopedista veterinário.

            O joelho dos cães e gatos podem sofrer com um variado número de problemas, dentre eles a ruptura de um dos seus principais ligamentos, que é o cruzado cranial. Certamente, esta é a patologia ortopédica mais estudada na comunidade cientifica veterinária. A ruptura deste ligamento ocorre de forma aguda e causa muita dor e claudicação no membro afetado e deve ser corrigida cirurgicamente. A técnica com melhores resultados é conhecida como TPLO (Osteotomia de nivelamento do Platô tibial), segundo Krotscheck (2016), esta é a técnica que apresentou os melhores resultados na recuperação funcional dos pacientes avaliados. Na nossa rotina, estamos presenciando excelentes resultados com esta técnica.

            As fraturas são comuns nos cães e gatos, porém seu tratamento é complexo, pois nossos animais não possuem entendimento sobre a necessidade do repouso, além de possuírem baixa adaptação a talas, gessos e outros aparatos externos que são cada vez menos utilizados. A maioria das fraturas dos cães necessita de procedimentos cirúrgicos para a correção, isso fez com que implantes mais resistentes e funcionais fossem criados, na medida para cada tipo de fraturas. Os fixadores externos lineares e circulares; placas convencionais e bloqueadas e as hastes bloqueadas fazem parte dos implantes desenvolvidos para que este tipo de afecção tenham taxas de sucesso cada vez melhores e com menos complicações, reduzindo o sofrimento dos nossos Pets.

            Nos primórdios da veterinária, tinha-se a falsa idéia de que após uma cirurgia era prudente o animal ter ´´um pouco de dor“ para induzi-lo a um falso repouso, nossos avanços tem sido agora na contramão desta teoria. Hoje, a anestesia segura e a associação de analgésicos, possibilita ao animal um maior nível de conforto e segurança, para que nossos cães e gatos tenham uma recuperação bem sucedida e um tratamento cada vez melhor que o que eles merecem.

No Hospital Veterinario SOS ANIMAL, estamos com uma equipe multidisciplinar habilitada para efetuar os mais variados procedimentos da ortopedia veterinária com foco na rápida reabilitação e bem estar dos pets e rapidez no diagnostico com uso de técnicas modernas de radiologia digital e tomografia computadorizada.

Fonte:    www.sosanimal.com.br

cartão de visita sos animal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir WhatsApp
Posso lhe ajudar?
Olá, seja bem vindo(a) ao nosso site, fale conosco rapidamente através do WhatsApp clicando no botão abaixo: